•  
 
 
 
 
UNIESP poderá ganhar faculdade de música
SEXTA-FEIRA, 28 DE MAIO DE 2010
 
 

Fernando Costa, Presidente da Uniesp, ao lado de Cesar Gorrão, Diretor de Comunicação e Cultura da Uniesp, em encontro com o maestro João Carlos Martins durante a festa de aniversário do delegado da Polícia Federal Protógenes Pinheiro Queiroz, dia 20 de maio, no Bar Brahma, em São Paulo, conversa com o maestro João Carlos Martins sobre a possível criação de uma faculdade de música na capital paulista e que tê-lo sua participação no projeto iria honrar a Uniesp

 

João Carlos Martins

 

Renomado pianista, João Carlos Martins é regente da Filarmônica Bachiana Sesi-SP, resultado da fusão de duas orquestras, a Bachiana Jovem e a Bachiana Filarmônica, onde também realiza um projeto de popularização da música clássica e de inclusão social por meio da formação musical de jovens carentes.

 

Composta por 45 jovens instrumentistas do primeiro conjunto e vinte profissionais do segundo a Filarmônica Bachiana é a única orquestra filarmônica do Brasil criada e mantida pela iniciativa privada, a formação conta entre seus mantenedores com o Serviço Social da Indústria (Sesi) e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

 

Reconhecido internacionalmente como um dos maiores intérpretes de Bach (o maestro já registrou e lançou toda a obra do compositor alemão em 21 CDs), João Carlos Martins é um exemplo de superação. Atualmente, toca com dois ou três dedos da mão esquerda por ter a mobilidade dessa mão prejudicada por um tumor e a direita, ficou com movimentos limitados desde que sofreu uma lesão cerebral, provocada por uma pancada na cabeça durante um assalto. Enfrentou nove cirurgias, mas o esforço e amor pela música fizeram com que continuasse seu trabalho.

 

Incapaz de segurar a batuta ou virar as páginas das partituras dos concertos, João Carlos faz um trabalho minucioso de memorizar nota por nota, demonstrando ainda mais seu perfeccionismo e dedicação ao mundo da música. É um exemplo de dedicação à música que tem suas apresentações sempre marcadas pelas interpretações emocionadas - seja ao piano, seja regendo uma orquestra.



 
 
 
 
UNIESP Solidária Biblioteca/
Publicações
TV UNIESP Rádio UNIESP Inclusão
com Arte
Projeto Ambiental EAD Notícias Imprensa Trabalhe
Conosco